13.2.08

Ajuda aos Países em Desenvolvimento



Ajudar verdadeiramente os países em vias de desenvolvimento implica dar-lhes tecnologia que eles possam utilizar. A Lotaria Nacional e uma ONG holandesa a "Stichting Vluchteling" ofereceu fornos solares a camponeses do Nepal. Uma boa ideia ! Não há intermediários no processo, substituem-se combustíveis escassos (lenha) e poluentes (querosene) por uma fonte inesgotável de energia (solar), a manutenção dos equipamentos é quase nula e a fiabilidade dos mesmos elevada.

Isto assim, é ajuda !

Mais informação em "Dutch lottery helps refugees in Nepal combat global warming" UNCHR

2 comentários:

  1. A manutenção dos equipamentos é quase nula?
    E quando estiverem cheios de gordura, ferrugentos e pretos de fuligem ainda vão funcionar?
    Não enganem as pobres criaturas a quem vão oferecer aquilo.
    Expliquem-lhes que aquilo tem de ter muita manutenção, deve ser muito bem lavado e esfregado para poder funcionar.Além disso é preciso um burro ou um camelo para transportar o objecto.Claro que convém lembrar que não podem ter horário de padeiro porque não funciona de madrugada. Só serve para almoços. Ao jantar contentem-se com um cházinho e bolachas.
    Sem manutenção, ora,ora...

    ResponderEliminar
  2. Caro António,

    O paternalismo para com as pessoas com menos recursos é sintoma de incompreensão e de uma certa soberba.
    Ao contrário do que o António afirma, os fornos solares são eficazes e realmente dispensam manutenção. Não haverá fuligem por que o forno é solar..não é a carvão nem a lenha. Existe um equívoco na sua análise quanto às capacidades do equipamento.

    Como deve saber se todos os cidadãos do mundo consumissem recursos à velocidade com que nós Ocidentais, ricos e afluentes, o fazemos, o Planeta não aguentaria a devastação, tanto por efeito de alterações climáticas como por perda de biodiversidade (veja o que está a acontecer aos Oceanos...).

    Obrigado pela sua atenção.
    Cumprimentos,
    João Miguel Vaz

    ResponderEliminar