28.2.08

Paisagem Triste







Alguns dos meus vizinhos não gostam de árvores, arbustos nem de animais.
Ao fim de dezenas de anos de existência a vegetação que cobra a propriedade foi declarada inimiga ! No ano de 2005, em 10 minutos, cortaram as árvores, com a ajuda de uma motoserra. Puseram a nu um barraco e o lixo que têm no quintal. Agora acabaram com os arbustos...e ficaram com a propriedade a descoberto. O cão continua amarrado à oliveira. Tem uma corrente de 2 metros, está cheio de pulgas e... tempo para sofrer.
Fico triste com gente assim, o que os leva a destruir em minutos o que leva anos a crescer ? Porque os incomoda tanto o que é natural ? Preferem ver o prédio de betão da frente ? Será a vitória da fealdade e do caos ? A entropia em acção ?

Parafraseando Pedro Nuno Santos do blog Sombra Verde:
"Há gente assim, que encontra algum conforto para a tristeza e o vazio das suas vidas, destruindo e mutilando o que é vivo e inofensivo. Será que por provocar tristeza nos outros nos sentimos menos tristes?"

2 comentários:

  1. Sim senhor, trabalho bem feito.
    Se a estupidez pagasse imposto, isto era um país das arábias.

    ResponderEliminar
  2. Visito e revisito o teu blog e não arranjo mais palavras do que parabens pela qualidade do trabalho e pela sensibilidade do seu autor.

    Porque o que é podemos dizer mais que não seja o de recorrentemente despejarmos o jargão de que todos os atentados que fotografas resultam de generalizada falta de cultura?

    Que não é só dos claramente gebos mas de muitos presumidamente esclarecidos.

    Geralmente os pequenos limitam-se a imitar os graúdos.

    Aqui onde moro, gente que se desloca em carros de gama alta, estaciona-os frequentemente em cima do passeio e no passeio os seus câezinhos debitam na calçada.

    Talvez um dia seja diferente, mas vai levar tempo. Esta é uma previsão de quem acredita na evolução positiva do carácter género humano.Os cépticos, claro, prevêm o contrário.

    A propósito : Já viste "Este país não é para velhos?"

    ResponderEliminar