13.5.08

Ideologias

Porque a ideologia sustenta-se numa crença inabalável e esta, como qualquer outra não se sustenta em terreno em que possa ser posta em causa o seu último desígnio: criar um homem diferente para as utopias que os profetas desenharam. E se, como diz Marx, devem ser também creditados à ideologia a evolução da sociedade num sentido mais justo, quando ela é acossada pelas evidências tenebrosas a que deu lugar, ( "pelo menos não há, na Europa, crianças de oito anos nas minas a empurrar vagonetas" diz Ruben de Carvalho), é bom lembrar que é esse também ao argumento invocado pelas religiões em geral.
E a questão que se coloca, então, é bem mais incómoda para os comunistas, porque foram precisamente as sociedades que não viveram o comunismo real aquelas onde a dignidade humana alcançou padrões mais elevados: Moldam-se os padrões cívicos consoante os catecismos ou a evolução das sociedades no sentido da consagração de princípios de maior dignidade é consequência da evolução natural da pessoa humana?


Rui Fonseca
in Aliás

Sem comentários:

Enviar um comentário