9.9.08

Na Roménia


Por motivos profissionais estou na Roménia. As mensagens e os comentários centram-se naturalmente neste país latino onde o investimento português aumenta significativamente ano após ano.
Diz-me quem cá investe que é difícil encontrar mão-de-obra qualificada, técnicos capazes e conhecedores. A mentalidade latina associada a mais de 40 anos de comunismo fechado e um ditador paranóico transformaram o país no mais pobre e pessimista...todos se queixam de tudo, asseguram-me. "Os romenos são pessimistas e queixam-se de tudo mas não levantam um dedo para mudar seja o que for".

Em 1992 estive neste país pela primeira vez. Era estudante, viajava no Verão de mochila às costas e interail no bolso. As infra-estruturas decadentes impressionaram-me imenso, gigantes industriais a cair aos bocados conviviam com as carroças a cavalo, os passeios inacabados, estradas esburacadas, trânsito caótico, muito lixo por recolher...na altura parecia-me o fim do mundo, metia medo, e a somar a isto tudo, muito ciganos ! Gente estranha.
Hoje pouco parece ter mudado, simplesmente já não metem medo, estão na União Europeia !

Sem comentários:

Enviar um comentário