22.10.08

Orçamento Participativo - a recusa de Duarte Silva

O Executivo camarário do PSD na Figueira da Foz, e o seu Presidente Duarte Silva, recusaram a ideia do Orçamento Participativo. Depois de apelidarem a ideia de "caldeirada", "democracia popular" os Vereadores da maioria a Figueira afirmam que não precisamos deste tipo de instrumentos de participação activa dos cidadãos na escolha das prioridades orçamentais.
Lamenta-se a recusa da modernidade, a aversão às propostas da oposição, o não aproveitamento de fundos comunitários (proj. EQUAL) nestas iniciativas e uma forma de governar que só afasta os cidadãos da política.
Abaixo o exemplo do Projecto São Brás Solidário.

Orçamento Participativo

Através da implementação de uma experiência de orçamento participativo, um instrumento inovador, de gestão pública participada, a Câmara Municipal de São Brás de Alportel convida todos os munícipes a participar no processo de elaboração do Orçamento Municipal para 2008.

Participe na definição das prioridades para o seu concelho!
Queremos saber a sua opinião:
Quais as áreas a que devemos dar prioridade?
Quais as obras e os projectos mais importantes?
Que intervenções devemos fazer?

A sua opinião é Importante!
Juntos continuamos a construir o Futuro da Nossa Terra.

Projecto São Brás Solidário
O Projecto São Brás Solidário é financiado pela Iniciativa Comunitária EQUAL.

Sem comentários:

Enviar um comentário