22.1.10

Capacidade de Agir - o que podemos nós fazer !

A propósito da tragédia do Haiti alguns autores de blogs locais e nacionais logo se apressarem em transcrever artigos sobre a "culpa" do Ocidente, e em especial dos EUA.
O Haiti está como está porque os EUA, a Europa, ...não ajudaram, não fizeram, não estão interessados !
Estou pessoalmente cansado de todos os que permanentemente só sabem dizer mal.
Servem-se de tudo para denegrir o esforço alheio. Raramente enaltecem seja quem for.

Deixo um exemplo de boas práticas !Arquitectura para a Humanidade!

2 comentários:

  1. “Se um sismo semelhante ao registado no Haiti atingisse o Algarve no Verão poderia provocar mil mortos, centenas de feridos e 13 mil desalojados, concluiu um dos estudos mais recentes sobre o risco sísmico da região, divulgado ontem, sexta-feira. http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Vida/Interior.aspx?content_id=1477005
    “O mais recente balanço do número de vítimas mortais no sismo que destruiu o Haiti, a 12 de Janeiro, é de 111.499, informou o Ministério do Interior haitiano. O balanço anterior dava conta de 75 mil mortos.

    As autoridades norte-americanas admitem que este número fique entre os 150 mil e os 200 mil. No entanto, é apenas «uma hipótese de trabalho», como sublinhou o general Ken Kenn, que dirige as tropas dos Estados Unidos no terreno.”

    http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=190769

    ResponderEliminar
  2. Ver notícia mais completa aqui sobre hipotético sismo no Algarve:
    "..."
    No hipotético sismo de 7,5, os mapas mostram onde se localizariam os danos humanos, que traduzem a incerteza destes métodos numa grande amplitude: mortos entre 33 e 1007; feridos entre 254 e 593; desalojados entre 8690 e 13.234. Ou os danos nos edifícios: totais (1,2 a 1,5 por cento), severos (4,5 a 6,1) e ligeiros (20,3 a 35,9). No mapa são ainda evidenciadas as zonas de edifícios sem danos, dos que ficariam com uso condicionado e dos inutilizáveis. Noutro mapa vêem-se os danos no fornecimento de energia.

    "..."
    in Jornal Público
    http://jornal.publico.clix.pt/noticia/23-01-2010/um-sismo-forte--no-verao-fara-estragos-significativos-no-algarve-18649554.htm

    ResponderEliminar