11.3.10

O declínio do peixe em mar aberto - o caso do atum

Li hoje na imprensa internacional que o atum do Atlântico está em acentuado declínio. Os números são deprimentes, nos últimos 40 anos assistimos a uma redução em 80% dos stocks. Restam 3,2 milhões de atuns. Muito pouco.

Scientists say stocks of the Atlantic bluefin - which can fetch $100,000 each at market - have fallen by more than 80% over the last 40 years to around 3.2 million


Finalmente, a União Europeia decide atuar com bom senso e enquadrar esta espécie nas listas do CITES, ou seja, o atum do Atlântico é uma espécie ameaçada de extinção.

As notícias locais não são animadoras neste âmbito. Alguns "predadores" sem escrúpulos insistem em apanhar espécies proibidas e pescado imaturo. Isto é, impede-se a reposição de stocks, ameaça-se a continuidade das espécies, coloca-se em perigo a sobrevivência dos "futuros pescadores".
Empobrecemos todos com esta visão egoísta de alguns.

Sem comentários:

Enviar um comentário