23.4.10

Vista de Buarcos



Uma faixa de terreno nobre, junto ao mar, entre a muralha e a areia, o pôr-do-sol, a brisa, ...
Aterrou-se. Alcatroou-se. Os postes de iluminação são feios. A estética é pouca e triste. O passeio estreito, pobre e disfuncional. Falta arte e beleza.
Salva-se a o verde da relva e as muralhas, na paisagem humanizada. Mais nada.

A nobre faixa passou a uma simples estrutura rodoviária. Devido às investidas do mar foi necessário colocar umas enormes pedras para proteger a rodovia, o sacrossanto trânsito automóvel (e talvez involuntariamente a vetusta Muralha...)

Sinto que aquela faixa de terreno à beira mar poderia ser nossa: das pessoas que andam, que se sentam numa esplanada, num banco a contemplar o mar; deveria pertencer aos peões e não ser um mero lugar de passagem de automóveis; um lugar estéril...

Nos últimos 40 anos cedemos em toda a linha a um utilitarismo cinzento. As cidades, os lugares são feitos à medida do conforto (e da preguiça) de quem se desloca de automóvel. Perdeu-se o sentido estético entre nós !

Seríamos mais felizes se nos deixássemos guiar pela arte, pelo bem estar espiritual.Mas não, preferimos a "lei do menor esforço", o esquadro e a régua são quem mais ordena.

3 comentários:

  1. Sou da opinião que não devia existir a avenida em frente da muralha. O contacto desta com o areal e o mar seria o mais correcto, pois foi com essa intenção que foi construida como forma de defesa dos ataques vindo do mar.
    Em certa época no nosso país criou-se a imagem de uma avenida marginal,de certo modo foi uma "moda"... mas hj em dia já não faz sentido, pois buarcos tem outros acessos (principalmente a RU).
    Seria execelente Buarcos ter uma imagem como apresenta em diversas fotos antigas, com os barcos no areal e sem barreiras(estrada,viaturas, estacionamento)entre o mar e a Vila.
    Retirar todo o espaço verde envolvente á muralha também seria uma vantagem devido á quantidade de água necessária que é necessário para manter aquele espaço.

    por outro lado,espero que a obra da Rua 5 de Outubro, traga alguma dignidade a Buarcos e que realce as suas caracteristicas e que todos possam tirar partido disso! Estou convicto que sim! è um espaço que tem de ser devolvido ás pessoas, a tal varanda oceanica!

    ResponderEliminar
  2. É claro que tudo isso vai ser resolvido em breve:
    Será alargado o passeio, substituídos os candeeiros, utilizado o espaço verde.
    Pode demorar algum tempo, mas será com certeza realizado. Vamos então aguardar.

    ResponderEliminar
  3. Não podia estar mais de acordo com o "Ambiente! Aquela zona devia ter esplanadas, podiam ser apenas temporárias, com bonitas cadeiras e mesas e quem sabe a pala do jardim da Figª aproveitada para dar sombra.
    Convenhamos, contudo, que a zona, assim como está na foto, ainda tem alguma beleza. O pior é no Verão... Deus nos acuda, ele são calções, chinelos, garrafões, cães... um nunca mais acabar de falta de gosto e de estética!!!

    ResponderEliminar