23.7.10

Investimento Municipal (1)




Um das razões da falência efetiva da Câmara Municipal da Figueira da Foz liga-se diretamente ao despesismo, mau investimento e falta de planeamento entre 2000 e 2009. As "pequenas" obras todas somadas resultam em valores inimagináveis para muitos de nós, milhões e milhões desbaratados em arranjos e requalificações sem nexo nem proveito para os munícipes.

Gastaram-se 46.000 euros em 2009 no arranjo dos campos desportivos da Praia de Buarcos. O investimento teve a chancela da Câmara Municipal liderada por Duarte Silva (PSD).
Os arranjos limitaram-se à substituição do piso por um ...piso idêntico ao anterior. Refira-se que este tipo de piso é caro, se fosse cimento seria muito mais barato e adaptado às condições climáticas e da modalidade (basquetebol) a praticar ali ... mas estamos em Portugal e somos ricos !
Os resultados são maus. Os campos têm as tabelas enferrujadas e partidas, não há rede e pior que tudo a areia entra pelo recinto como acontecia anteriormente à intervenção.
Conclui-se facilmente que os 46.000 euros foram mal gastos. O problema base da degradação do piso não foi sanado. Por isso, e digo-o com tristeza, daqui a uma meia dúzia de anos estará tudo como estava (e está): degradado e impraticável.

O país não pode continuar assim.

PS : 46.000 euros em painéis solares térmicos aplicados às piscinas municipais permitiriam poupar 2.000 a 3.000 euros por mês em consumo de gás.

Sem comentários:

Enviar um comentário