23.3.11

O estado da A17 e o país


Viajar na A17 (Figueira - Leiria), com três faixas de cada lado, inaugurada em 2009, percebe-se porque está o estado sem dinheiro.
Uma infra-estrutura gigantesca, um investimento colossal, ....quase sem proveito, poucos carros e camiões. Estes seguem pela Estrada Nacional, em más condições e afogada em trânsito.

5 comentários:

  1. Viajei na A17 uma vez, para experimentar, numa distância de uns 45-50 km... E nunca mais lá medi os pés, isto é, os pneus... Na minha opinião (e na de muitas outras pessoas), será demasiado cara!

    Quanto ao excesso de trânsito no EN-109, confirmo que é verdade; por andar muitas vezes nesta estrada, quer de automóvel, quer de bicicleta. Os camiões continuam a circular por lá em grandes quantidades!

    Não seria preferível se as portagens custassem 1/3 do preço e a A17 tivesse o quádruplo do trânsito (especialmente de camiões), por hipótese?

    ResponderEliminar
  2. faço uso todas as semanas, paião-caldas da rainha e o inverso. é uma auto estrada fantástica, apesar de ter alguns pequenos problemas numas curvas mais fechadas, o resto do traçado é excelente, uma obra bem feita. as viagens são sempre tranquilas e sinto-me bastante seguro durante toda a viagem.

    ocasionalmente também faço quiaios-aveiro, e é na mesma excelente.

    ResponderEliminar
  3. Caro Frederico,
    não está em causa a qualidade funcional da Auto-estrada A17, mas sim a má gestão do sistema de portagens (quem tiver que viajar todos os dias, paga uma fortuna) e o sobre-dimensionamento, como diz , muito espaço e poucos carros, o que nos custa caríssimo. Somente isso.

    ResponderEliminar
  4. Não seria preferível se as portagens custassem 1/3 do preço e a A17 tivesse o quádruplo do trânsito (especialmente de camiões), por hipótese?

    Tens razão camarada.
    estes tipos são de vistas curtas. quanto mais querem, mais perdem.

    ResponderEliminar
  5. É o que faz as contas serem feitas por burros iluminados.
    Para eles mais vale ser caro e não tirar proveito do que ser mais barato e recuperar o investimento.
    Ou então é de propósito para que as vias sejamm só e únicamente para uso dos habituais amigos privelegiados.

    ResponderEliminar