15.5.11

"Queremos tudo ao preço da uva mijona"


O pior problema é querermos tudo sem pagar o justo valor


Muitas pessoas a quem a empresa Águas do Ribatejo cortou a água têm dinheiro para a pagar mas habituaram-se desde sempre a não o fazer, com a complacência das câmaras municipais.
A água é um bem precioso e eu acho bem que não seja ao preço da uva mijona. Infelizmente há falta de consciência muito grande a nível ambiental. Sei de pessoas que esbanjam água só porque a podem pagar ou porque não fazem qualquer intenção de a pagar.

Sei de pessoas que fazem gala em não fazer a separação dos lixos para reciclar e que depois protestam contra as taxas de resíduos sólidos. É tempo de todos nós percebermos que a situação em que está o país não é apenas da responsabilidade dos políticos.

É de todos nós que achamos que o Estado e as câmaras têm que fazer tudo e mais algumas coisa e que não queremos pagar para isso ser feito. Enquanto cada aldeola quiser ter o seu próprio pavilhão desportivo, embora o mais próximo fique a um ou dois quilómetros e outros luxos do género, por vezes inúteis, mas que os políticos se apressam a satisfazer para não perderem votos, não vamos longe.

Ricardo Reis

in http://semanal.omirante.pt/noticia.asp?idEdicao=494&id=74137&idSeccao=8033&Action=noticia

Sem comentários:

Enviar um comentário