19.11.12

Hans-Joachim Futchel e a afronta aos gregos

A propósito dos comentários politicamente incorretos e socialmente inaceitáveis do Secretário de Estado Alemão Hans Futchel (3000 gregos trabalham tanto como 1000 alemães), mesmo que verdadeiros.
Li uma reportagem (no jornal die Welt, set 2012) em que se mostrava um Hans Futchel muito empenhado na retoma da Grécia, a visitar n locais, incentivando os seus compatriotas alemães a comprar e beber vinho grego, consumir azeite,...etc.
O Hans Futchel ao contrário do que logo se disse não é "supremacista" alemão. É apenas um suábio (natural do sudoeste da Alemanha) bonacheirão e cheio de humor, mas foi mal intrepretado. O que ele queria dizer é que a Grécia precisa de aumentar a sua produtividade. Mas não compreendeu uma coisa muito básica: os povos do Sul têm horror à crítica aberta e frontal, levam a peito e ofendem-se. 
Atenção que ninguém veio desmentir os números do Hans Futchel....

 http://www.welt.de/wirtschaft/article109099373/Schwaebischer-Staatssekretaer-gibt-Griechen-Nachhilfe.html

Sem comentários:

Enviar um comentário