15.3.13

Objetivos Ambientais Europeus e a divisão entre a Esquerda e a Direita

Ainda há divisões assinaláveis entre a Esquerda e a Direita, entre o voto comunista (PCP) e o voto independente ( Rui Tavares). A proposta levada a votação no Parlamento Europeu basicamente defendia o estabelecimento de metas vinculativas para a eficiência energética e a produção de energia renovável "Roadmap 2050"- texto aqui   - Os deputados do PCP abstiveram-se (!), contrariamente ao seu Grupo (GUE NGL), a direita votou contra (PSD, CDS), o PS (3 faltaram à votação...) e o BE votaram a favor. Em matéria ambiental a direita portuguesa alia-se à extrema esquerda (PCP), e continua a rejeitar uma política de recursos sustentável, será excesso de confiança nos recursos petrolíferos ou "negacionismo" da ciência e dos efeitos das alterações climáticas ?

Sem comentários:

Enviar um comentário