11.2.14

Cultura de desperdício

Todos os dias sou confrontado com desperdícios na gestão da coisa pública, seja excesso de iluminação pública ou autoestradas vazias. Os portugueses não aceitam bem que nos últimos 20 anos gastaram mal uma parte do dinheiro que lhes chegou de Bruxelas: decorações feéricas de estações de metro, aeroportos, piscinas disfuncionais,..etc.
Portugal tem uma impressionante cultura de desperdício comparada com outros países europeus.

Basta pensar em Coimbra, e comparar com qualquer cidade universitária alemã, inglesa ou mesmo italiana...Em termos de desempenho ambiental, Coimbra é um desastre: a Universidade e os HUC afogados em carros, a recolha do lixo é como era há 20 anos atrás, a margem oeste do Mondego continua desaproveitada, o Metro não avançou, os edifícios do Pólo II estão degradados,...etc. Neste âmbito pouco mudou desde que fui para a Faculdade em 1990 !

Sem comentários:

Enviar um comentário