14.2.14

Microplásticos nos Oceanos: o caso das cotonetes

Segundo Paula Sobral, há pequenos hábitos que podem mudar esta situação. Um exemplo: os cotonetes são dos resíduos mais encontrados nos oceanos e praias, uma situação que ocorre devido à sua deposição nas sanitas.
“As estações de tratamento não têm capacidade para reter esses cotonetes, que são demasiado finos e acabam no meio aquático”, frisa Paula Sobral.

Também os produtos esfoliantes, sobretudo os que se podem encontrar nas prateleiras dos supermercados, contêm partículas de plástico microscópicas e que são introduzidas, assim, no ambiente.

“[Estas partículas], juntamente com as pastilhas de resina virgem resultantes das fugas das indústrias e das fragmentação dos objectos maiores de plástico… todos estes conjuntos de pequenas partículas, os chamados microplásticos, acabam por ser confundidos por alimento pelos animais marinhos”, argumenta a responsável.


http://greensavers.sapo.pt/2014/02/14/cotonetes-sao-os-residuos-mais-encontrados-no-mar-e-praias-saiba-porque-com-video/

Sem comentários:

Enviar um comentário