11.1.16

Ainda as acessibilidades na Figueira da Foz

Além dos problemas pontuais da figura abaixo, existem na Figueira da Foz problemas estruturais de espaços mal concebidos. A escolha dos materiais (pedra das escadas escorregadia, madeira com limos) ,a configuração (arestas vivas, vãos largos sem corrimão) e o pensamento do projetista/dono da obra não estão alinhados com as necessidades da população.
Quem anda a pé pela cidade facilmente se apercebe da ausência de políticas proativas de mobilidade.
Apesar de alguns esforços - pintura da sinalização vertical; passadeiras elevadas (mas pouco) - está ainda quase tudo por fazer. O rol de inconformidades com o DL 163/2006 (acessibilidades) é muito extenso. Contudo, mesmo em obras recentes (margem do rio/Forte/ passeios) continua a CMFF a não obedecer às regras básicas da mobilidade.


Figueira da Foz
Esplanada Silva Guimarães



Sem comentários:

Enviar um comentário