18.12.16

O comunismo e o ambiente , o PCP e a poluição- cartuchos de cumbo

São 150 a 200 toneladas de chumbo por ano vão contaminar os solos e as águas. A fonte são os cartuchos de chumbo usados na caça.
O PS, e o Ministro do Ambiente, querem reduzir a sua utilização. PCP, PSD e CDS votam contra.
"Action speaks louder than words". Estamos conversados sobre a natureza ecológica do comunismo e a defesa dos "votos e lóbis" (da venda de cartuchos e caçadores).

Há anos que a União Europeia retira o chumbo de vários produtos:
Desde a década de 80, a União Europeia começou a restringir o uso de chumbo em baterias, tubagens, na gasolina e em equipamentos elétricos e eletrónicos.
“A sua utilização nas munições das armas de caça também já foi banida na maior parte dos países da União Europeia, tendo sido substituída por outras ligas metálicas sem impactes no ambiente”, recordam os ambientalistas em comunicado.

Mas, em Portugal, graças ao PCP (que se tivesse votado a favor teria alterado a situação) continuamos na mesma, a usar chumbo nos cartuchos de caça.
O comunismo e ambiente são antagónicos, na prática o PCP pensa que defende os "votos dos caçadores do Alentejo", pondo os seus interesses eleitorais acima do bem público e da defesa do ambiente.


1 comentário:

  1. Paradoxalmente, o PCP é um dos partidos mais conservadores que temos em Portugal.

    ResponderEliminar