Mensagens

A mostrar mensagens de junho, 2010

A gestão do selecionador nacional

Carlos Queiroz revelou-se um mau gestor. Não conseguiu potenciar os recursos à sua disposição. Enganou-se na hora da substituição, desorganizando a equipa e retirando um dos elementos, Hugo Almeida, mais aguerridos e eficazes até então. Houve pensamento analítico e coerente na tomada de decisão do "gestor" ? O substituto de Hugo Almeida, Danny, foi objetivamente uma nulidade nos dois jogos anteriores (passos errados, má colocação no terreno, remates desenquadrados...). Mas, o gestor da equipa, sem bloco de notas, decidiu-se pelo jogador menos apto para substituir Hugo Almeida. Muitos gestores deste país sofrem do mesmo mal: incapazes de pensar analiticamente e tomar decisões coerentes, os trabalhadores ficam desorientados e ...as equipas perdem eficácia e baixam de rendimento. É o que acontece em muitas empresas nacionais...

Câmara Municipal da Figueira da Foz distribui compostores

Imagem
(o texto foi revisto) A autarquia está a distribuir compostores a residentes no concelho que tenham jardim e/ou horta. Os munícipes interessados deverão pagar 15 euros pelo equipamento. Todos os munícipes interessados podem solicitar o compostor através telefone da Câmara Municipal 233403300. Estima-se que o desvio dos restos de comida do contentor para o compostor reduza entre 70 a 110 kg por habitante por ano. "A compostagem é o processo natural de decomposição de resíduos orgânicos e apresenta diversas vantagens: fornece um material rico em nutrientes que melhora o desenvolvimento de plantas, jardins e relvados; actua no solo como uma esponja, ajudando o solo a reter a humidade e os nutrientes, conferindo-lhe estrutura, e reduz o recurso ao uso de fertilizantes químicos. Através da compostagem, é possível reduzir a quantidade de resíduos depositados em aterro, prolongando a sua vida útil e obter um novo produto, através da reciclagem dos resíduos orgânicos - o composto, qu

VINAGRE em vez de lixívias e outros produtos caros e tóxicos

Os poderes de limpeza do vinagre - Bom e barato (transcrição adaptada daqui) Fazer a limpeza da casa é um grande desafio ecológico. Muitas são as opções de produtos, poucas são as informações sobre seus impactos no meio ambiente. Barato e eficaz, o vinagre que usamos para temperar aquela saladinha é um excelente produto para os mais diversos tipos de limpeza. Sua acidez é ideal para purificar e desinfetar, o que o torna ótimo também como produto de limpeza. Se ainda não experimentou os benefícios do vinagre em sua casa, citam-se abaixo alguns usos. É melhor usar vinagre branco ou de maçã. Este último deixa um cheirinho muito agradável de cidra no ambiente. 1. Desinfetante – antes de dormir, despeje um copo de vinagre na bacia do sanitário, inclusive próximo ao assento. No dia seguinte a limpeza será muito fácil. 2. Para limpar a geladeira – mesmo se o equipamento for frost-free, ás vezes é preciso limpar a parte interna para remover manchas e gorduras. Para isso, usar

Haverá por aí abelhas ?

Imagem
Segundo dados obtidos por cientistas de todo o mundo, as populações de abelhas estão em declínio. Reparo que à nossa volta são raras as abelhas, vespas e borboletas. Porque será ?

Os carros mataram as nossas cidades

Entrevista de Mário Alves a ler aqui no jornal Público. Como é que se dificulta a "vida" do transporte individual nas cidades para tornar mais apetecíveis os transportes públicos e os modos suaves de mobilidade? Existem muitas formas de o fazer. O estacionamento deve ser gerido com rigor e de forma a aceitar que todas as cidades têm limites de capacidade. O espaço público é um bem muito escasso e o automóvel é uma das máquinas mais ineficientes e mortíferas jamais inventadas. Um espaço público confortável, livre de obstáculos, com árvores e bancos para descansarmos e seguro, é condição essencial para que o sistema de mobilidade da cidade funcione com eficácia - os peões são a argamassa de um sistema de transportes públicos eficaz e economicamente saudável. Preparar a cidade para pessoas com mobilidade reduzida faz com que a cidade fique melhor e mais confortável para todos. Infelizmente não se conseguirá equilibrar um sistema com graves problemas agradando a todos. As ci

Homenagem a Saramago

A Maior Flor do Mundo from Fundação Jose Saramago on Vimeo . Saramago - uma história para crianças em filme animado. A RTP1 emitiu ontem à tarde quase 4 horas de Marchas de Sto António, repetidas. Foi esta a homenagem a Saramago ? Serviço público ? Claro que as TVs privadas mantiveram os filmes, concursos e séries. Todos iguais, portanto.

Vandas de automóveis disparam durante a "Crise em Portugal" !

Parece que estamos em crise. A cada hora que passas as televisões, as rádios e os jornais falam da crise, das "famílias pobres" que não compram comida nem medicamentos, dos sobrendividados...etc. Claro que a comunicação social , na sua esmagadora maioria, não apresenta números nem factos, vai simplesmente lançando uns biteites para o ar. E hoje, espantosamente,ouve-se e lê-se que em Portugal as vendas de automóveis aumentaram, assim mesmo, ao mais alto nível europeu: " Portugal registou um aumento de 59,1% nas vendas acumuladas de automóveis nos primeiros quatro meses de 2010, liderando as subidas na Europa, segundo os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP)." Como explicar esta "crise " ? Quem compra tantos carros (mais de 14.000 novos carros registados só em Janeiro) novos ? E tantos carros novos quando os stands estão cheios de carros usados ?

Como se hipnotiza um país

Imagem

Perda de Biodiversidade

A Biodiversidade em números: — Nos últimos 300 anos, a área florestal global reduziu-se cerca de 40%. — As florestas desapareceram completamente em 25 países, e outros 29 países perderam quase 90% da sua cobertura de floresta. — Desde 1900, o mundo perdeu cerca de 50% das suas zonas húmidas. — Cerca de 30% dos recifes de coral – que frequentemente têm maior nível de biodiversidade do que as florestas tropicais – foram seriamente prejudicados pela pesca, poluição, doenças e branqueamento dos corais. Fonte: jornal Público

O consumo de peixe , a LPN, Greenpeace e um artigo de Miguel Esteves de Cardoso

Imagem
Miguel Esteves Cardoso (MEC) escreve no Público diariamente. São crónicas ligeiras sobre tudo e mais alguma coisa, num registo semelhante ao do saudoso Eduardo Prado Coelho. Na crónica de hoje, faz alusão a um site "Que peixe comer ? " lançado pela Liga de Proteção da Natureza (LPN). A LPN informa que o consumo de peixe deve ser variado, alertando para as espécies em risco, e afirma ainda o seguinte: "Adeqúe a quantidade de peixe que ingere às necessidades nutritivas do corpo humano. Reduza a quantidade de peixe que come ou reduza o número de refeições com peixe e é um inicio para reduzir a pressão sobre a vida dos oceanos. Coma mais vegetais, pode substituir os pratos de peixe que confecciona por vegetais. São uma opção alimentar mais sustentável para o ambiente. Por exemplo porque não experimentar Alho francês à Brás?" MEC não quer aceitar que os recursos são finitos, e como não leu o site da LPN, chama "ignorantes e estúpidos" aos ativistas do Gr

O mundo virtual versus real

Imagem
We are demystifying the world via technology – GPS, Google Earth, etc. – digesting it through images and assumptions of access. Less and less do we labor in ways that bind us to our environment. We have outsourced the physical world, made it a kind of recreation area (I’m alking about the privileged West here). A whole generation of kids spends more time playing games in virtual environments than on terra firma. How can our post-postmodern ways of living not modify our assumptions about nature as the basis of all things, the “mother”? Sven Birkerts, author of The Gutenberg Elegies: The Fate of Reading in an Electronic Age

United Resins - Avaliação de Impacte Ambiental (2)

A fábrica de resinas estará pronta a produzir dentro de dias. A polémica à volta da fábrica não desapareceu . Estranhamente a United Resins eximiu-se a apresentar um Estudo de Impacte Ambiental. O Bloco de Esquerda e a Quercus perguntam, e bem, o seguinte : "...a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), que num primeiro momento se pronunciou a favor da necessidade de uma Avaliação de Impacto Ambiental (AIA) a este projecto, acabou por prescindir de qualquer estudo de impacto ambiental, o que é de estranhar dada a natureza desta unidade industrial. Esta caso torna-se mais caricato que considerarmos que um procedimento contrário foi decidido no processo de licenciamento de uma outra unidade fabril similar, a Respol, em Leiria, que mereceu desta mesma CCDR a exigência de realização de uma AIA.

2010 provavelmente será o ano mais quente de sempre

Segundo leio no The Guardian o ano de 2010 será um dos mais quentes de sempre, desde que há registos fiáveis (150 anos). Em São Tomé e Príncipe onde estive recentemente por motivos profissionais, a época das chuvas passou e ...não choveu quase nada. Teme-se pela segurança alimentar do arquipélago nos tempos que se avizinham. Os agricultores com quem conversei estão muito preocupados: ano após ano sentem que o clima está mais quente, as plantas desabrocham mas rapidamente são destruídas pelo intenso calor que se sente. São pessoas simples quase iletradas e que quase nada sabem de alterações climáticas globais. No entanto, sentem na pele, diariamente, o fenómeno com grande intensidade.

Biodiversidade na Praia da Claridade

Imagem
O areal da praia da Figueira da Foz está sedimentado. Ali nascem flores,plantas rasteiras, sobrevivem insetos, alimentam-se os pássaros,...há vida e diversa. Infelizmente os tratores que aparecem sazonalmente, a mando da Câmara Municipal, ano após ano, destroem estes frágeis equilíbrios e destroem parte da beleza e biodiversidade existente. Será útil repensar os processos e ter uma visão moderna da questão. Muitos preferem um areal estéril, sem plantas nem flores. Pensam que aquilo é "lixo", as flores e as plantas. Não são lixo. Pelo contrário, são um capital natural a manter e a preservar. Lixo são os plásticos, as latas e a matéria artificial que desperdiçamos na paisagem.